/

about

Gravado num fim-de-semana primaveril numa garagem algarvia.

lyrics

Por lá coexistem baleeiros
Com defensores da paz verde
E de bichos alheios

Por cá fica o rasgar dos cruzeiros
E o cheiro a cenoura que escorre
Dos corpos lampeiros

Embarcações de grande calado
Não lhes deixam o olho
Mais arregalado

Aqui acenam-me do convés de nó dado
Ela aluada, ele amelado
Que amor tão emproado

Nas paragens onde o sol nasce
Entre cabos e arpões
O amor languesce

Estes querem uma vida partilhar
Mas até da minha janela é visível
O medo de morte que têm de se tocar

Onze mil e setenta e nove quilómetros salgados
Do Mar da Palha à Osaka dos desalinhados

credits

released March 3, 2010

tags

license

all rights reserved

about

C de Crochê Lisboa, Portugal

contact / help

Contact C de Crochê

Streaming and
Download help